Por que envelhecer é sinônimo de ficar velho, fraco e doente?

No Brasil, nove em cada dez pessoas têm medo da passagem dos anos porque associam essa fase a: 

  • mais doenças e mais remédios;
  • mais limitações, mais dores e menos autonomia;
  • prejuízos estéticos como rugas, pele flácida e coluna encurvada.
medo de envelhecer

Mas não precisa ser assim e alguns locais do mundo mostram que a realidade do envelhecimento é muito diferente do que se imagina sobre ficar mais velho.

Essas regiões, inclusive, viraram assunto científico.

São chamadas Zonas Azuis (ou Blue Zones) e já foram amplamente estudadas por cientistas que buscam os segredos dos supercentenários.

Tudo porque, nessas regiões azuis, vive-se muito mais e com uma saúde melhor do que muito brasileiro com apenas metade da idade deles.

Seus habitantes costumam chegar até os 100 anos de idade sem perder a independência, com vitalidade e qualidade de vida.

Os casos de infarto, Alzheimer e câncer são bem menores quando comparados a outros locais do planeta.

E eu, como médico há 22 anos e um grande entusiasta da saúde mais natural e focada na longevidade saudável, fui buscar quais são os pilares que sustentam a vitalidade das blue zones.

Neste artigo, trago os 9 principais segredos dos supercentenários. 

E o melhor: todos podem ser aplicados aí na sua casa, não importa onde você mora. Chegou a hora de você ter acesso ao caminho que pode te ajudar a envelhecer sem adoecer.


10 anos + Jovem: aula gratuita que acontece amanhã. Participe!

faça sua inscrição

Primeiro, uma explicação.

Você deve estar se perguntando onde vivem essas pessoas que nos ensinam tanto quando o assunto é envelhecimento saudável.Onde ficam as blue zones?

As blue zones são áreas geográficas espalhadas ao redor do planeta. Selecionei 4 principais, para você se localizar:

– A ilha de Okinawa, no Japão
– Ikaria, na Grécia
– Ogliastra, na Sardenha
– Nicoya, na Costa Rica

blue zones

Nesses locais habitam as pessoas mais longevas do mundo, que chegam saudáveis até o fim das suas vidas, aproveitando a existência de forma lúcida e ativa, praticando esportes, namorando, viajando… sem depender de ninguém pra fazer as tarefas do dia a dia.O jornalista Dan Buettner, junto com uma equipe de especialistas da National Geographic Society, uma renomada instituição científica e educacional, fez uma série de expedições a esses locais e extraiu as bases da saúde dos supercentenários.

A ilha de Okinawa é o lugar onde é encontrada a população feminina viva mais velha do mundo, além de ser o local com a maior expectativa de vida em todo o planeta.

Os moradores desta ilha tem 1/5 a menos da taxa de câncer de colo e mama, e 1/6 da taxa de doenças cardiovasculares, quando comparados aos americanos.

Conforme eu prometi, escolhi os 9 segredos existentes nessas localidades e que me ajudaram a rejuvenescer meu próprio corpo.

Usando esses 9 segredos, eu me livrei de uma pressão 21/12, de um corpo 15 quilos mais gordo, sempre cansado, e de uma falta de foco mental. Isso quando estava com apenas 35 anos.

Hoje, com 46 anos, tenho uma pressão 12/8, mais massa muscular, menos gordura e, principalmente, tenho mais energia e vigor para colocar em prática vários planos e realizações.

Veja a minha diferença quando eu estava com 35 anos (imagem à esquerda) para agora, com 46 anos (imagem à direita)

Dayan antes e depois

Esses 9 segredos são eficientes, porque atuam na reprogramação do organismo como um todo, oferecendo às células e aos órgãos o que elas precisam para se regenerar e garantir uma melhora de dentro para fora.

E você pode aplicá-los aqui mesmo no Brasil, sem precisar ir morar em uma ilha deserta.  

9 SEGREDOS DAS ZONAS AZUIS PARA VIVER MAIS E MELHOR

1- MEXA-SE NATURALMENTE

Você não precisa passar horas na academia, nem correr uma maratona para ter uma vida ativa e livre das dores. As pessoas mais longevas do mundo se movimentam o tempo todo naturalmente; fazem tudo a pé, cultivam seus jardins e cuidam das atividades diárias.

De acordo com pesquisadores da Harvard School of Public Health, mulheres que caminham 30 minutos por dia reduzem seu risco de acidente vascular cerebral em 20% além de reduzir seu risco de fraturas do quadril em 40%.

envelhecer

2 –TENHA UM PROPÓSITO DE VIDA

Os moradores da ilha de Okinawa chamam ter um propósito de vida de “Ikigai” e os Costa riquenhos de “Plan de vida.”

Pesquisas mostram que ter um motivo para viver, além de trabalhar, pode aumentar em até 7 anos a sua expectativa de vida.

Um estudo publicado na renomada revista Journal of the American Medical Association ligou o forte senso de propósito com menor risco de mortalidade depois dos 50 anos.

O estudo analisou 7.000 adultos que passaram dos 50 anos. Os participantes foram entrevistados com um questionário e depois foi feito um ranking.

Aqueles participantes que receberam as menores notas no ranking de propósito de vida, tiveram duas vezes mais chances de morrer do que os outros com notas maiores.

envelhecer

3 – APRENDA A DOMAR O ESTRESSE

O estresse constante no dia a dia leva à inflamação crônica, a causa número 1 das principais doenças relacionadas ao envelhecimento, como câncer, Alzheimer, hipertensão e problemas pulmonares.

As pessoas mais longevas do mundo têm momentos para controlar e diminuir o estresse do dia.

Os moradores da ilha de Okinawa tiram momentos do dia para lembrar de seus antepassados, os adventistas rezam, os moradores da ilha de Icaria na Grécia tiram um cochilo e os moradores da ilha da Sardenha fazem happy hour no fim da tarde.

E você o que tem feito para diminuir seu estresse?

Eu recomendo o uso de óleo de lavanda e extrato liquido ou em pó de raiz de ouro (Rhodiola Rosea) que possui substâncias adaptógenas que ajudam na diminuição do estresse.

envelhecer

4 – APLIQUE O JEJUM INTERMITENTE

O jejum intermitente é uma prática comum nas zonas azuis. Na ilha de Okinawa, no Japão, antes das refeições é recitado o mantra ‘Hara hachi bu’, que significa aproximadamente “coma até que sua barriga esteja 80% cheia”. 

A diferença de 20% entre não ter fome e se sentir cheio pode ser a diferença entre perder peso ou ganhar peso.

As pessoas nas zonas azuis comem sua refeição mais leve no final da tarde ou no início da noite, para depois conseguirem dormir com estômago vazio e ter um sono leve e restaurador.

envelhecer

5 – COMA COMIDA DE VERDADE (COM MAIS GORDURA. SIM, GORDURA!)

A base da dieta dos supercentenários, como você pode imaginar, não é repleta de porcarias industrializadas. Tem muitos vegetais frescos, produtos animais de boa qualidade e grãos, como feijão e lentilha.

Gorduras boas são altamente recomendadas, como azeite-de-oliva extra virgem, castanhas e nozes, a própria gordura das carnes e peixes gordos como salmão, arenque e sardinha.

Um estudo feito pela The Adventist Health Study mostrou que pessoas que consomem nozes regularmente vivem em média 2 a 3 anos a mais do que aqueles que não consomem.

Uma mistura recomendada é: amêndoas (ricas em vitamina E e magnésio), amendoim (rica em proteína, folato e vitamina B), castanha do Pará (rica em selênio, um mineral que é eficaz na proteção contra o câncer de próstata), castanha de caju (rica em magnésio) e nozes (rica em alfa-linoleico).

castanhas

6 – BEBA VINHO (MAS NÃO EXAGERE)

Está aí uma surpresa. Beber uma taça de vinho tinto artesanal por dia (mas uma dose só, viu?), uma bebida rica no antioxidante resveratrol, é um hábito comum nas Zonas Azuis.

Um artigo publicado na revista Advances in Nutrition mostrou que o consumo de vinho como parte de um estilo de vida saudável poderia reduzir o risco de doenças cardiovasculares e alguns tipos de câncer.

Outro estudo publicado na revista The Journal of Prevention of Alzheimer’s Disease provou que aqueles que consumiam uma taça de vinho, pelo menos uma vez por semana, tinham função cognitiva significativamente melhor na velhice do que aqueles que não bebiam.

E você, já tomou sua taça de vinho seco hoje?

vinho

7 – ESCOLHA A SUA TRIBO

Não fique sozinho! As pessoas mais longevas do mundo têm um círculo social que apoia comportamentos saudáveis.

Os moradores da ilha de Okinawa criaram “moais”, grupos de cinco pessoas que se comprometem uns com os outros por toda a vida.

As conexões que as pessoas mais longevas fazem e convivem ajudam na saúde emocional e mental.

Pesquisa da Universidade de Framingham nos Estados Unidos mostraram que se seus três melhores amigos são obesos, há uma chance 50% maior de que você vai se tornar obeso também.

Por isso escolha muito bem suas amizades.

tribo

8 – TENHA FÉ E APOSTE NA ESPIRITUALIDADE


A fé e a dedicação aos princípios morais e espirituais possuem um grande papel na vida dos habitantes das zonas azuis.

Crenças e princípios comuns fortalecem o vínculo entre as pessoas, criando um senso de pertencimento que pode ajudar a aliviar a depressão e a solidão.

Pesquisas mostram que participar de uma atividade religiosa quatro vezes por mês aumenta entre 4 e 14 anos de expectativa de vida.

fé

9 – FAMÍLIA EM PRIMEIRO LUGAR

Os supercentenários das Zonas Azuis colocam a sua família em primeiro plano, mantém pais e avós por perto ou morando na própria casa, são comprometidos com o parceiro de vida e se empenham na boa criação dos filhos.

Quando se tem um parceiro de vida, a expectativa de vida aumenta em até 3 anos.

família

Então, como VOCÊ quer chegar aos 100 anos?

Quer receber elogios das pessoas que duvidam da sua idade e invejam a sua energia, sua mente veloz e sua agilidade?

Ou você quer passar o dia deitado na frente da TV, só reclamando das dores e do cansaço, vendo a dose dos remédios aumentar a cada ida ao médico…

Os centenários das Zonas Azuis mostram que é plenamente possível envelhecer mantendo a energia, a saúde e a independência…

A ESCOLHA É SUA.

No Aulão 10 Anos Mais Jovem, que acontece dia 14 de Abril às 20h (horário de Brasília) no meu canal do YouTube, vou te mostrar todo o passo a passo para você frear – e até reverter – os danos do envelhecimento do seu corpo.Revelarei os nutrientes, alimentos, plantas medicinais, óleos essenciais e ações de detox que REJUVENESCEM e REVITALIZAM cada célula do seu corpo…

Para participar, é preciso se inscrever gratuitamente apertando no botão abaixo 👇

inscrição

Conto com a sua presença lá.

Viva com saúde, viva com paixão e com Deus no coração!

Dr. Dayan Siebra 

CRM 7024

Referências científicas:

  • Buettner D, Skemp S. Blue Zones: Lessons From the World’s Longest Lived. Am J Lifestyle Med. 2016;10(5):318-321. Published 2016 Jul 7. doi:10.1177/1559827616637066
  • Buettner D. The Blue Zones: 9 Lessons for Living Longer From the People Who’ve Lived the Longest. Washington, DC: National Geographic Society; 2008.
  • Buettner D. The Blue Zones Solution: Eating and Living Like the World’s Healthiest People. Washington, DC: National Geographic Society; 2015.


    6 replies to "Como envelhecer sem adoecer? 9 segredos que os supercentenários ensinam"

    • Maria Lucia Santos

      Vou viver+de 💯 anos com saúde Se Deus quiser ( vou está ao vivo na aula dó dia 14) sou sua fã número 10

    • Telma

      Lição pra vida toda. 👏👏👏

    • Natercia Cunha

      Vou fazer tudo por tudo para melhorar a minha saúde, e viver da maneira mais saudável. Obrigada.

    • Mirtes Nunes

      Adoro seus textos!!!

    • Helenita soares

      Oi boa noite eu também estou aqui 😙😙

    • Gecilene Souza

      Quero muito aprender, como viver mais e melhor.

Leave a Reply

Your email address will not be published.